Jovem inventa lâmpada que não queima e sofre ameaças de morte




O espanhol Benito Muros criou uma lâmpada que dura mais de 100 anos sem se queimar. O rapaz é responsável pelo projeto denominado “Sem Obsolescência Programada (SOP)”, que luta contra o já conhecido sistema inverso.


Como já é famoso, o termo obsolescência programada indica que muitos fabricantes desenvolvem produtos de curta durabilidade para que os consumidores sempre comprem novos itens e assim promovam a rotatividade comercial. O espanhol diz que parte desta lista de itens conta com baterias de celular, geladeiras, TVs e computadores.

A novidade desenvolvida por Muros juntamente com a Oep Electrics consome 70% menos de energia que as lâmpadas fluorescentes, além de não se queimarem quando se apaga e acende-a diversas vezes seguidas.

Mesmo parecendo uma ótima novidade, o espanhol não está completamente feliz. Isso porque ele relatou à polícia que está sendo ameaçado de morte. Ele disse às autoridades que recebeu o seguinte recado: “senhor Muros, você não pode colocar seus sistemas de iluminação no mercado. Você e sua família serão aniquilados”. Mesmo assim ele disse que continuará defendendo seu projeto SOP.

Fonte: Papeando.net
‹ Anterior Proxima › Página inicial